Padres de PA participam de encontro dos Santuários

EncontroSantuários_2017Quatro padres da Arquidiocese de Pouso Alegre estão em Belo Horizonte entre os dias 6 e 10 março para participarem do 22º Encontro de Santuários do Brasil. Pe. Rodrigo Carneiro (Santuário Medalha Milagrosa – Monte Sião), Cônego Benedito Ramon Ferreira e Pe. Alexandre Acácio Nogueira (Santuário de Santa Rita de Cássia – Santa Rita do Sapucaí) e Pe. Lucas da Silva Crispim (Santuário Nossa Senhora da Agonia – Itajubá) participam desse encontro promovido pela Arquidiocese de Belo Horizonte e pelo Santuário Nacional de Nossa Senhora da Conceição Aparecida.

Essa é uma oportunidade de convivência, partilha e troca de experiências com representantes de santuários de todo o país. O evento, que tem como sede, a cada edição, uma diocese ou arquidiocese brasileira, este ano será realizado no Santuário Nossa Senhora da Piedade e no Hotel Tauá,  em Caeté.

Reitores e representantes de santuários de todo o país são convidados para participar da programação especial que inclui celebrações, conferências, oficinas, momentos culturais, de integração e lazer, no Santuário Nossa Senhora da Piedade – Casa da Padroeira de Minas Gerais, em Caeté, e no Hotel Fazenda Tauá.

 

Imagem Peregrina de N.S. Aparecida chega à Gonçalves

Imagem Peregrina_04032017_1A Imagem Peregrina de Nossa Senhora Aparecida está na Paróquia Nossa Senhora das Dores, em Gonçalves, desde o último sábado (04). A imagem foi trazida pela paróquia de Sant’Ana, da cidade de Sapucaí Mirim, pelo Pároco Pe. João Batista de Godói e fiéis após uma carreata.

A celebração da santa missa teve início as 19h30, com a participação de cerca de 500 pessoas. A Eucaristia foi presidida pelo padre  João Batista Godói e concelebrada pelo padre Márcio Mota de Oliveira.

No final da celebração, a paróquia preparou uma linda homenagem à Nossa Senhora Aparecida. A imagem visitará os setores da paróquia esta semana e no sábado, dia 11, ela será levada para a paróquia Nossa Senhora da Consolação, em Consolação.

 

 

Fotos e informações: Lidiane Brito – Pascom

Pastoral disponibiliza material para formação paroquial

A Secretaria de Pastoral da Arquidiocese de Pouso Alegre disponibilizou às paróquia o material formativo que deverá ser usado nos encontros e reuniões com as comunidades paroquiais. A formação permanente foi tema presente em todas as etapas da Assembleia Arquidiocesana.

Download do material de formação – março e abril

“Quanto à formação permanente, ela é algo absolutamente necessária em todos os momentos da ação evangelizadora. Ninguém pode oferecer aquilo que não tem. Sempre seremos discípulos missionários aprendendo com Jesus Cristo, em comunidade”, traz o Plano da Ação Evangelizadora 2017-2020, n.71.

Assim, a comissão de formação permanente com a coordenação de pastoral oferece um caminho para a formação mensal das paróquias. Esse caminho é composto por sugestões de temas para estudo para cada mês do ano, que deverá ser dinamizado pelo padre e a equipe paroquial de assessoria, de acordo com a realidade local. O objetivo é criar comunhão e unidade na Arquidiocese.

“O material não quer ser uma ‘camisa de força’, mas sim, esse itinerário de comunhão e unidade. Os temas foram planejados a partir das prioridades assumidas em nossa Assembleia e o Magistério da Igreja. A espiritualidade deve estar presente em toda formação e a sugestão é o uso do método da Leitura Orante da Bíblia em todos os nossos encontros”, escreveu o coordenador de pastoral, padre Mauro Ricardo de Freitas, na apresentação do material de formação.

Ação ecológica marca CF em Santa Rita do Sapucaí

AçãoCF2017_1Ocorreu na manhã do último domingo,04, a Caminhada da Fraternidade em Santa Rita do Sapucaí incentivada pelas paróquias Nossa Senhora de Fátima e Santa Rita de Cássia. Esta foi a primeira ação dentro da Campanha da Fraternidade 2017 proposta pela CNBB, que se iniciou oficialmente na 4ª feira de cinzas. Neste ano a CF é ecumênica e tem como tema: “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”, e como lema: “Cultivar e guardar a Criação”

A caminhada da fraternidade iniciou na igreja matriz da Paróquia de Nossa Senhora de Fátima, com o envio e uma benção do padre Clemildes Francisco de Paiva. Nem o tempo ameaçador de chuva impediu a caminhada que, mesmo assim, contou com a presença de mais de 300 pessoas desde crianças até idosos, a grande maioria vestindo camiseta branca.

Os participantes receberam luvas e sacos de lixo para coletarem os lixos que encontrassem pelo caminho, em um percurso de 3km pelas ruas da cidade. Foram cerca de 2 horas, passando por locais onde a própria população joga lixo de forma irregular e por diversos pontos com esgoto a céu aberto. Esse esgoto posteriormente desemboca diretamente no Rio Sapucaí sem tratamento algum.

A caminhada percorreu também por algumas centenas de metros a margem do Rio Sapucaí, onde as pessoas observaram a riqueza da flora e fauna local, com árvores de diversas espécies, inclusive algumas Sapucaiais, bem como famílias de diversos animais selvagens que vivem naquele habitat, como patos, gansos, lagartos, e capivaras. Observaram também a presença de alguns pescadores que pescavam alguns mandis bem ao lado de enormes saídas de esgoto não tratados que eram jogados diretamente no Rio Sapucaí.

O objetivo da Caminhada da Fraternidade foi simplesmente chamar a atenção de toda a população com relação a verdadeira situação doAçãoCF2017_2 meio ambiente local no bioma em que vivemos (Mata Atlântica), buscando desenvolver consciência da necessidade urgente de fazermos algo pelo meio ambiente, nossa “Casa Comum”

A caminhada foi encerrada na escadaria do Santuário de Santa Rita de Cássia, onde os caminheiros encheram a carroceria de uma caminhonete com 20 sacos de 100L de lixo. Em seguida, foi dada a benção pelo Pe. Jonas, padre jesuíta, que acompanhou todo o percurso acompanhado de uma dúzia de jovens missionários.

Todo o lixo coletado teve a destinação adequada e foi entregue na Secretaria de Obras do Município que é responsável pela limpeza urbana. Instantes depois, um vereador que compõe a liderança do movimento do Grupo da Campanha da Fraternidade, recebeu a ligação da Prefeitura Municipal se dispondo a somar forças nessas ações e, inclusive, a doar diversas mudas de árvores frutíferas e sombrosas para serem plantadas pela população em uma próxima ação do grupo.

O Grupo CF tem uma ação apartidária, visando exclusivamente o resgate do meio ambiente e a melhoria de vida das pessoas propondo sempre uma forma sustentável. A liderança do Grupo da CF estabeleceu uma agenda com diversas ações, entre elas a criação de uma feira livre semanal na cidade, uma cooperativa e uma usina de reciclagem de lixo e uma palestra com o tema: “Meio Ambiente, Lixo Urbano e Eletrônico x Campanha da Fraternidade 2017” a ser proferia pelo Prof. Dr. Maurício Waldmam, especialista em meio ambiente e em lixo.

 

Informações: Cláudio Orlandi Lasso
Fotos: Emanuelle Melo – Pascom 

 

 

 

“Iniciação Cristã” será tema da Assembléia da CNBB

Arquivo
Arquivo – Assembléia no ano passado

Os bispos do Brasil irão se reunir para 55ª Assembleia Geral da CNBB (AG CNBB), de 26 de abril a 04 de maio de 2017, em Aparecida (SP). Nessa ocasião as discussões, estudos e decisões serão em torno do tema “Iniciação Cristã”.

O presidente da CNBB, cardeal Sérgio da Rocha, arcebispo de Brasília (DF) explicou por que esse tema é necessário ser trabalhado na 55ª Assembleia Geral da CNBB.

“Vamos recordar que estão em vigor as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja e nelas uma das cinco prioridades é a Igreja como casa da iniciação cristã, então a Assembleia deste ano pretende trabalhar de maneira especial esse desafio […] a iniciação cristã se aplica aqueles que estão sendo iniciados na fé, sejam crianças, adultos, ou jovens. Nós estamos precisando dar mais atenção à iniciação cristã, isto é, à catequese primeiramente, mas também aos ritos de iniciação cristã, a começar do Batismo que precisa ser mais valorizado, melhor preparado e vivenciado”, explanou.

A 55ª Assembleia Geral da CNBB é o maior encontro do episcopado brasileiro. Mais de 300 bispos ativos e eméritos, dos dezoito regionais da CNBB, participam dos trabalhos da Assembleia Geral realizada com celebração da missa com laudes, das 7h30 às 8h45, no Santuário Nacional de Aparecida e demais atividades no Centro de Eventos Padre Vítor Coelho de Almeida.