Dom Ricardo Pedro celebra 25 anos de episcopado

O arcebispo emérito de Pouso Alegre (MG), dom Ricardo Pedro Chaves Pinto Filho, O.Praem., celebrará no dia 21 de abril, seus 25 anos de ordenação episcopal.

Para marcar a data, uma Missa será celebrada às 10 horas na Catedral Metropolitana de Pouso Alegre, em Ação de Graças pelo Jubileu de Prata Episcopal.

Padres de diversas paróquias, religiosos, religiosas e fiéis de toda a arquidiocese sul mineira são esperados para juntamente com o arcebispo emérito agradeceram pelos 25 anos de sua ordenação episcopal.

Arcebispo Emérito

Conforme determina o Código de Direito Canônico, ao completar 75 anos o bispo deve enviar carta de renúncia ao Vaticano, o que fez Dom Ricardo. No dia 28 de maio do ano passado o Papa Francisco aceitou o pedido e Dom Ricardo tornou-se o primeiro arcebispo emérito de Pouso Alegre.

Mineiro de Capelinha, Dom Ricardo nasceu no dia 6 de agosto de 1938. Em 1961 ingressou no noviciado dos Cônegos Premonstratenses (Ordem fundada por São Norberto), em Pirapora do Bom Jesus (SP). Foi ordenado padre em 29 de junho de 1967.

Foi designado bispo de Leopoldina (MG), pelo Papa João Paulo II, em 14 de março de 1990. No dia 21 de abril do mesmo ano foi ordenado bispo, em Contagem (MG). Em 16 de outubro de 1996, Dom Ricardo foi nomeado arcebispo da Arquidiocese de Pouso Alegre, vindo a tomar posse em 3 de dezembro.

Dom Ricardo é o sexto bispo, terceiro arcebispo e primeiro arcebispo emérito da Arquidiocese de Pouso Alegre.

Transmissão ao vivo

O Arcebispo emérito de Pouso Alegre, Dom Ricardo Pedro Chaves Pinto Filho, O. Praem, celebra 25 anos de ordenação episcopal a ser celebrado no dia 21 de abril, terça-feira, às 10h, com solene Celebração Eucarística em Ação de Graças na Catedral Metropolitana de Pouso Alegre, MG.

A Santa Missa terá transmissão ao vivo da TV Libertas e das Rádios da Arquidiocese de Pouso Alegre, Rádio Difusora, sintoniza em 710 Khz AM ou no site http://difusorapousoalegre.com.br/  e Rádio Paraisópolis 1490 Khz AM ou no site http://www.radioparaisopolis.com.br/

Com informações de: http://webradio13demaio.com/

Quinta-feira Santa – Missa da Ceia do Senhor

Quinta-feira Santa no seu mistério mais profundo, podemos dizer que celebra profeticamente a Páscoa de Jesus Cristo prolongada na Igreja. Esta Igreja que nasce, como esposa, do lado aberto de Cristo, esta Igreja gerada como Corpo místico de Cristo pela celebração dos Sacramentos e a prática do novo mandamento. Em outras palavras, podemos dizer que na Quinta-feira Santa sela-se o Testamento da Nova Aliança, em torno dos Sacramentos, especialmente da Eucaristia, e do novo Mandamento, significado pelo lava-pés. Jesus continua o seu serviço de salvação através da Igreja. A seu serviço estão os diversos ministérios, especialmente os ministérios ordenados.Assim, podemos seguir uma linha unitária.

Na Missa vespertina da Ceia do Senhor dá-se especial realce ao mistério da Eucaristia. Também aqui os mistérios celebrados podem ser vistos numa linha unitária. No centro de tudo está o Mandamento da Caridade, significado pelo lava-pés (cL Ev., Jo 13,1-15). Mas ele se realiza de maneira forte na Eucaristia, no Corpo dado e no Sangue derramado. Para que, através da Eucaristia, a Igreja se torne sacramento de unidade na caridade, eis o sacerdócio ministerial.

A Igreja, Comunidade de amor, alimentada e expressa pela Eucaristia e animada pelos ministros ordenados, nasce do mistério pascal de Cristo. Nesta noite ele é entregue e entrega-se aos discípulos como Corpo dado e Sangue derramado, antecipação de sua total entrega ao Pai.

Poderíamos dizer que na Quinta-feira Santa a Comunidade eclesial celebra o mistério da Igreja nascida do mistério pascal de Cristo.

Confira imagens da celebração em nossa Arquidiocese:

[wzslider]

Dom Majella preside Missa de Domingo Ramos na Catedral

A Catedral Metropolitana de Pouso Alegre realizou na manhã de domingo, às 10h, a Solenidade de Domingo de Ramos. A cerimônia teve início na Capela do Sagrado Coração de Jesus (Capela de Santa Doroteia) e em seguida, a procissão saiu em direção a Catedral Metropolitana de Pouso Alegre. A Missa foi presidida pelo arcebispo metropolitano, dom José Luiz Majella Delgado e concelebrado pelo pároco e cura da Catedral, cônego Edson Oriolo e o capelão do Hospital das Clínicas Samuel Libânio (HCSL), monsenhor José Catarino Umbelino.

A procissão tomou conta das principais ruas e avenidas da região central. Ao som dos sinos a segunda parte da Solenidade teve início, com a Catedral lotada de fiéis. Dom Majella enalteceu a importância da solidariedade e da piedade.

[wzslider]

Missa de abertura do Ano da Vida Consagrada é celebrada na Catedral

consagradaNa manhã deste domingo, 22 de fevereiro, durante a celebração das 10h30, aconteceu na Catedral Metropolitana da Arquidiocese De Pouso Alegre a Santa Missa de Abertura do Ano da Vida Consagrada. A celebração da missa foi presidida pelo arcebispo dom José Luiz Majella Delgado e concelebrada pelo cura da Catedral, cônego Edson Oriolo, o vigário paroquial da Catedral, monsenhor Vicente Pereira Gomes e diversos padres religiosos.

Dezenas de representantes de congregações religiosas da Arquidiocese Pouso Alegre estiveram presentes. Logo no início, o irmão Gino Girardelli, representando os religiosos da arquidiocese, fez uma saudação especial ao arcebispo dom Majella e a todos religiosos, onde ressaltou também a vida evangelizadora dos religiosos.

No ofertório, representantes das congregações apresentaram no altar os símbolos de suas congregações e ao fim da celebração todos posaram para foto oficial (abaixo).

A celebração foi transmitida para toda região pela TV Libertas.

[yendifplayer video=7]

 

Por Lucas Silveira

Abertura da novena de natal em nossa arquidiocese

 

capaface

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Neste último domingo, dia 23 de novembro, nosso arcebispo Dom Majella presidiu, na catedral Metropolitana, a Solenidade de Cristo Rei. Esta celebração marcou também o lançamento da novena de natal em família em nossa arquidiocese, além da coleta da Evangelização que acontecerá no próximo dia 14 de dezembro em todo o Brasil.

Em sua homilia, Dom Majella destacou o papel de Jesus no juízo final, não como um juiz iníquo, mas como um pastor que exerce sua misericórdia conforme nossas obras de bondade junto aos mais necessitados.

Falou também sobre a missão dos leigos e leigas na Igreja, a qual todos somos chamados e convidados a transparecer o “rosto de Jesus” em qualquer ministério exercido. Para ajudar nas obras de evangelização em nossa arquidiocese e no Brasil, motivou a assembleia a colaborar com a Coleta da Evangelização, organizada pela CNBB com o slogan “Evangeli Já” e neste ano tem como tema “Cristo é a nossa paz.” (Ef. 2,14)

Sobre a novena de natal, agradeceu à equipe organizadora e convidou a todas as famílias a se prepararem, pela novena, para um feliz e santo natal.

No final da celebração, Pe. João Bosco de Freitas, coordenador arquidiocesano de Pastoral, falou à assembleia sobre a estrutura do livrinho que já foi elaborado por uma equipe arquidiocesana e distribuído às paróquias na última atualização teológica do clero, realizada no final do mês de outubro. Alguns livrinhos estão disponíveis na livraria católica em Pouso Alegre.

A celebração eucarística foi transmitida pela webrádio 13 de maio, rádio difusora de Pouso Alegre e Paraisópolis, além de várias rádios e webrádios paroquiais e pela TV Libertas de Pouso Alegre.

Confira algumas imagens:

cartaz ce comunhãoconsagração

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

entrada

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Crédito das imagens 2 e 3: Lucas Silveira