Setor Dourado promove Encontro de Ministros da Eucaristia

Os Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística do Setor Dourado se reuniram em 31 de maio, na Paróquia de São Francisco de Paula, em Poço Fundo/MG. O encontro setorial contou com a presença de 220 Ministros.

Coordenado pelo Diácono Thiago Raymundo, o encontro possibilitou aos ministros uma reflexão sobre o tema “Eucaristia vida e Missão ” e o lema ” À Mesa da Palavra e do Pão somos alimentados e enviados em Missão “. Também participaram do Encontro os Padres Claudio, Paulo Giovanni, César, Samuel, Edson , Joao Vianei e Heraldo.

O Diácono Thiago agradeceu a participação de todos os Ministros e de todos que colaboraram para que sua realização. Ele ressaltou que o encontro foi um passo importante na construção da Igreja Viva em nosso meio.

 

Encontro ministros setor dourado 2 Encontro ministros setor dourado 1Encontro ministros setor dourado 3 Encontro ministros setor dourado 5 Encontro ministros setor dourado 6

Setor Dourado realiza manhã de espiritualidade

Na manhã do dia 30 de março, segunda-feira, numa chácara na cidade de Poço Fundo reuniram-se os padres, diácono e seminaristas que irão participar das celebrações por ocasião da Semana Santa no setor pastoral Dourado para uma manhã de espiritualidade.

O momento de espiritualidade foi conduzido pelo Pe. Luiz Cezar, pároco da Paróquia São Sebastião em Carvalhópolis. Durante a reflexão foi ressaltado que o lava-pés é vida, e deve ser vivido no dia a dia, o lava-pés é um serviço e não um teatro. O encontro foi encerrado com o almoço.

[wzslider]

Fotos: Diác. Thiago Raymundo

Setor Pastoral Dourado elege nova Coordenação

IMG_20141119_214223Na noite do dia 19 de novembro de 2014 no salão paroquial da Paróquia Sant’Ana em Silvianópolis aconteceu a Reunião do Conselho Setorial de Pastoral (COSEPA) do Setor Pastoral Dourado.

Durante o encontro que contou com a presença de Dom Majella aconteceu a avaliação das atividades setoriais de 2014 e o planejamento das atividades pastorais para o ano de 2015.

Também foi feita eleição para a Coordenação do Setor Pastoral sendo eleito Pe. Edson Aparecido da Silva Coordenador, Pe Heraldo José dos Reis Vice-Coordenador e a secretária Celina da Paróquia de Espírito Santo do Dourado .

Em seguida à eleição foi realizado o Amigo Secreto do Setor Pastoral Dourado.

Após alguns comunicados Dom Majella encerrou a reunião com a Benção. Por fim foi servido deliciosas pizzas oferecidas pela Paróquia de Silvianópolis.

Setor Dourado celebra dia do catequista

IMG_20140830_102515siteOntem sábado dia 30 de agosto foi celebrado o dia dos catequistas numa bela celebração setorial que aconteceu na cidade de Turvolândia. O encontro teve inicio as 8h30min com a celebração da Santa Missa com a presença dos padres e de mais de 100 catequistas do Setor Pastoral Dourado. Logo após teve início o momento de formação assessorado pelo Pe. Vanildo de Paiva e na seqüência o sorteio de brindes e o encontro foi encerrado com o almoço.

 

 

Paróquias Celebram Solenidade de Corpus Christi

A Solenidade de Corpus Christi é um dos momentos para significativos para nós cristãos católicos. É nela que nos unimos na adoração e exaltação em torno da herança mais preciosa deixada por Jesus Cristo, sua própria presença real e verdadeira na Sagrada Eucaristia.

Como parte da celebração, muitas paróquias enfeitam as ruas próximas à Matriz com a confecção de tapetes por onde a procissão do Corpo do Senhor Jesus presente no Santíssimo Sacramento caminha junto ao povo.
Para a montagem dos tapetes são utilizados materiais como sal grosso tingido, pó de café e serragem, pipoca, tampas de garrafa, entre outros objetos de decoração. Além da decoração das ruas, muitas paróquias também fizeram o gesto concreto, com a coleta de agasalhos e alimentos

HISTÓRICO

A solenidade do Corpo de Deus teve início no século XII, quando foi instituída pelo Papa Urbano IV em 1264, através da bula “Transiturus”, que prescreveu esta solenidade para toda a Igreja Universal.

A origem da festa deu-se por um fato extraordinário ocorrido ao ano de 1247, na Diocese de Liége – Bélgica.  Santa Juliana de Cornillon, uma monja agostiniana, teve consecutivas visões de um astro semelhante à lua, totalmente brilhante, porém com uma incisão escura. O próprio Jesus Cristo a ela revelou que a lua significava a Igreja, a sua claridade as festas e, a mancha, sinal da ausência de uma data dedicada ao Corpo de Cristo.  Santa Juliana levou o caso ao bispo local que, em 1258, acabou instituindo a festa em sua Diocese.

O fato, na época, havia sido levado também ao conhecimento do bispo Jacques de Pantaleón que, quase duas décadas mais tarde, viria a ser eleito Papa (Urbano IV), ou seja, ele próprio viria a estender a solenidade  a toda a Igreja Universal. O fator, que deflagrou a decisão do Papa, e que viria como que a confirmar a antiga visão de Santa Juliana, deu-se por um grande milagre ocorrido no segundo ano de seu pontificado: O milagre eucarístico de Bolsena, no Lácio, onde um sacerdote tcheco, padre Pietro de Praga, colocando dúvidas na presença real de Cristo na Eucaristia durante a celebração da santa Missa, viu brotar sangue da hóstia consagrada. O fato foi levado ao Papa Urbano IV, que encarregou o bispo de Orvietro a levar-lhe as alfaias litúrgicas embebidas com o Sangue de Cristo. Instituída para toda a Igreja, desde então, a data foi marcada por concentrações, procissões e outras práticas religiosas, de acordo com o modo de ser e de viver de cada país, de cada localidade.